Você está aqui: Página Inicial > Viver Bem > Alimentação saudável > Diretrizes de promoção da alimentação adequada e saudável nos ambientes de trabalho

Diretrizes de promoção da alimentação adequada e saudável nos ambientes de trabalho

por David Teles Ferreira publicado 28/08/2018 17h35, última modificação 28/02/2019 14h38

Uma alimentação saudável ajuda a proteger contra as doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), incluindo diabetes, doenças cardíacas, derrame e câncer, que em conjunto são responsáveis pelas maiores causas de morte no mundo e no Brasil.

A promoção da alimentação saudável e adequada nos ambientes de trabalho visa contribuir para a saúde do servidor público federal, bem como para a redução dos índices de absenteísmo decorrentes de agravos relacionados às DCNT e dos seus fatores de risco modificáveis (alimentação inadequada, tabagismo, consumo abusivo do álcool e inatividade física), ao encontro do que prevê a Política de Atenção à Saúde e à Segurança do Servidor Público Federal (PASS). A Organização Mundial de Saúde (OMS) refere que a alimentação saudável e a atividade física são importantes fatores de proteção para a saúde.

A Portaria Normativa SEGRT Nº 7, de 2016, vem estimular a realização de ações que visem à mudança desses comportamentos, especialmente, nos ambientes de trabalho. A iniciativa dessa Portaria Normativa vai ao encontro de propostas já pautadas pelos demais setores, como a saúde, assistência social e educação, a exemplo da Política Nacional de Alimentação e Nutrição; do Plano Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional; Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das Doenças Crônicas Não Transmissíveis no Brasil; Guia Alimentar para a população brasileira e da própria Política de Atenção à Saúde e à Segurança do Servidor Público Federal e suas diretrizes.


Saiba Mais