Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Governo > Servidores veteranos são homenageados no Planalto

Geral

Servidores veteranos são homenageados no Planalto

por publicado: 09/11/2014 21h00 última modificação: 24/07/2015 13h51

Solenidade homenageou servidores com dez, vinte, trinta, quarenta e cinquenta anos de carreira. A cerimônia foi criada em 2007

Servidores públicos que atuam há mais de dez anos na Presidência da República foram homenageados em cerimônia realizada no Palácio do Planalto na tarde desta quinta-feira (6). O ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, participou da Cerimônia de Reconhecimento representando a presidenta da República, Dilma Rousseff.

Na solenidade, que visa reconhecer e valorizar os funcionários, foram homenageados uma servidora com 52 anos de serviços prestados à Presidência da República; um servidor com 51 anos de trabalho; uma servidora com 40 anos de Casa; quatro com trinta anos de dedicação à Presidência; 14 servidores com 20 anos de trabalho e 93 servidores com dez anos de prestação de serviços à Presidência da República.

Os critérios adotados para o recebimento da homenagem são: 10, 20, 30, 40 e 50 anos em exercício continuado em órgãos da Presidência da República, cuja gestão administrativa está a cargo da Secretaria de Administração: Gabinete Pessoal da Presidenta, Casa Civil, Secretaria-Geral, Secretaria de Relações Institucionais, Secretaria de Comunicação Social, Gabinete de Segurança Institucional, Secretaria de Assuntos Estratégicos, Secretaria de Políticas para as Mulheres, e Assessoria Especial da Presidenta.

A cerimônia, que existe desde 2007, é uma ação coordenada pela Diretoria de Gestão de Pessoas da Secretaria de Administração da Secretaria-Geral, por meio do Programa de Qualidade de Vida da Presidência da República, e ocorre na Semana do Servidor, em alusão às homenagens ao Dia do Servidor Público – 28 de outubro. Neste ano, devido a proximidade com o período eleitoral, a Semana do Servidor foi transferida para a primeira semana de novembro.

Fonte: Casa Civil