Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Administração Pública > Maioria dos professores na rede pública tem doutorado

Maioria dos professores na rede pública tem doutorado

por publicado: 25/09/2013 21h00 última modificação: 30/07/2015 17h51

Na rede particular, a maioria dos professores (45,5%) fez cursos de mestrado

Brasília, 26/9/2013 - Dados do Censo da Educação Superior de 2012, divulgados pelo Instituo Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), apontam que 51,4% dos docentes em exercício na rede pública de educação superior têm doutorado. Outros 29,6% cursaram mestrado e 19% têm pelo menos uma especialização.

Na rede particular, a maioria dos professores (45,5%) fez cursos de mestrado. Os profissionais com doutorado somam 36,7%. Outros 17,8% têm pelo menos uma especialização.

O Censo registrou 362.732 funções docentes em exercício na educação superior do país. Desse total, 90.416 estão na rede pública federal, 48.172 nas estaduais, 11.750 nas municipais e 212.394 na particular.

O presidente do Inep, Luiz Cláudio Costa, ressalta a importância da qualificação docente para uma educação de qualidade. "Constatamos que a maioria dos docentes em exercício na rede pública são doutores, o que é muito bom para o Brasil", afirma.

Regime — Na rede federal, 91% dos professores trabalham em regime de tempo integral. Outros 8%, no parcial e 1% como horistas — recebem por hora de aula ministrada. Na rede estadual, 72,2% atuam em tempo integral; 19,1% em tempo parcial e 8,7% como horistas. Os dados das redes municipais indicam que 28,7% estão em regime integral; 26,3% em parcial e 45% como horistas.

Na rede particular os professores com dedicação integral representam 24,2%; em parcial, 34,1%; horistas 41,7%.

As sinopses estatísticas, os microdados e o resumo técnico do Censo da Educação Superior de 2012 serão publicados em outubro, na página Inep na internet.

Fonte: Inep