Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2019 > Seges e Enap firmam parceria para alocar 37 gestores na escola de governo

Notícias

Seges e Enap firmam parceria para alocar 37 gestores na escola de governo

Gestão

Objetivo é apoiar e alinhar os projetos prioritários por meio da atuação dos servidores conhecidos como EPPGG
por publicado: 30/07/2019 19h54 última modificação: 30/07/2019 19h54

A Secretaria de Gestão do Ministério da Economia (Seges/ME) e a Escola Nacional de Administração Pública (Enap) assinaram, na sexta-feira (26/7), plano de trabalho para a alocação de 37 servidores da carreira Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental (EPPGG) na instituição de ensino. A ação é parte das parcerias que a Seges vem firmando, por meio de termos de compromisso, com 64 órgãos do Poder Executivo visando direcionar a atuação dos 962 integrantes da carreira.

Para o secretário de Gestão, Cristiano Heckert, o plano de trabalho com a Enap otimizará a atividade de cada profissional e trará maior efetividade aos projetos realizados. Dessa forma, o Ministério da Economia passa a ter informação mais qualificada sobre as ações realizadas, auxiliando na profissionalização da administração pública.

“A Enap é a quarta entidade que mais possui EPPGG’s. E este plano de trabalho é o mais volumoso de todos os previstos”, explicou o secretário. “Os servidores da carreira de gestor governamental são bem preparados e podem ajudar a fortalecer ainda mais a capacidade institucional dos órgãos” .

Os especialistas irão atuar na modernização administrativa do estado e auxiliar no alcance de resultados que desburocratizem as atividades governamentais. Pesquisas, oficinas, projetos de inovação e desenvolvimento de cursos são algumas das atividades previstas no documento, que terá a duração até dezembro de 2020.

Além disso, está prevista a publicação de estudos, guias, projetos, censos sobre temas como transformação institucional, indicadores, transferências voluntárias da União, compras e contratações públicas.

O presidente da Enap, Diogo Costa, destaca a importância da assinatura do plano de trabalho e da alocação dos gestores em projetos estratégicos do governo federal. “Aumentar a produtividade do serviço público é parte da missão dos EPPPG´s, pois é uma carreira que foi pensada para atuar de forma transversal, por meio de profissionais de alta performance”, ressaltou Costa.

A expectativa é que, até o final do ano, todos os órgãos que possuam esses especialistas em seus quadros colocarão em prática planos semelhantes. A Secretaria de Gestão irá avaliar o cumprimento das metas estabelecidas semestralmente para garantir que os servidores atuem de acordo com a gestão estratégica do governo federal.

As regras de movimentação dos servidores da carreira, estabelecidas pela Portaria 140, de 30 de junho de 2017, não foram alteradas.