Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2019 > 03 > Secretários explicam para servidores públicos a proposta da Nova Previdência

Notícias

Secretários explicam para servidores públicos a proposta da Nova Previdência

Evento foi realizado no auditório do Ministério da Economia e transmitido ao vivo pelo Portal do Servidor
por publicado: 20/03/2019 17h11 última modificação: 26/03/2019 19h11

A Nova Previdência foi apresentada aos servidores públicos federais durante evento realizado no auditório do Ministério da Economia (ME), na terça-feira (19), transmitido ao vivo pelo Portal Servidor. O vídeo “Nova Previdência - entenda como fica para o servidor" está também disponível no youtube. 

 O encontro foi conduzido pelo secretário de Gestão e Desempenho de Pessoal, Wagner Lenhart; e contou com a presença do secretário de Previdência, Leonardo Rolim; e do secretário-adjunto, Narlon Nogueira.

Lenhart ressaltou a importância do evento para tirar as dúvidas do servidor sobre a Nova Previdência, tanto que foram recebidos mais de 1.500 e-mails com perguntas e dúvidas de profissionais do setor público federal.

"A Secretaria tem a política de transparência e a de ampliar os canais de comunicação com os servidores”, disse ele. “O Brasil pode ter grandes problemas no futuro se não enfrentar esta questão da previdência. Esta é uma oportunidade de conhecer a proposta, fundamental não somente para os servidores, mas para o futuro do País e das novas gerações".

Para Leonardo Rolim, é preciso entender a necessidade de enfrentar o desafio demográfico que está posto, pois, com a redução da taxa de natalidade e o aumento da expectativa de vida, o Brasil terá menos trabalhadores ativos contribuindo do que aposentados. Isso significa recursos insuficientes para pagar a aposentadoria das pessoas. "A Nova Previdência veio com alguns princípios, como ser justa e igualitária, por exemplo. Outra premissa é respeitar os direitos adquiridos", comentou.

Foram apresentadas no encontro as propostas de novas alíquotas para os servidores públicos, com as contribuições passando a incidir conforme as faixas salariais. Atualmente, por exemplo, um servidor com remuneração de 10 mil reais, tem uma alíquota de 11%, portanto, contribuição de R$ 1.100. Com a aprovação da Nova Previdência, a alíquota deste servidor passaria a ser de 12,86%. Neste caso, a contribuição passa a ser de R$ 1.285,83.

Outras propostas com impactos para os servidores públicos explicadas podem ser encontradas no vídeo e na apresentação publicada aqui.

registrado em: