Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2019 > 02 > Nova estrutura do Ministério da Economia é apresentada a especialistas em gestão governamental

Notícias

Nova estrutura do Ministério da Economia é apresentada a especialistas em gestão governamental

Gestão

O encontro 'Diálogo com a Carreira: Seges e a gestão dos EPPGG' atualizou servidores
por publicado: 04/02/2019 14h34 última modificação: 04/02/2019 14h34

Servidores da carreira de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental (EPPGG) do Ministério da Economia (ME) participaram na sexta-feira (01/02) do encontro “Diálogo com a Carreira: Seges e a gestão dos EPPGG”. Durante o evento foi apresentada a nova estrutura ministerial aos integrantes da carreira, que são os interlocutores das iniciativas junto aos órgãos no Executivo Federal. A coordenação da carreira é uma competência da Secretaria de Gestão.

O secretário de Gestão do ME, Cristiano Heckert, apresentou a agenda de transformação institucional, que prevê as principais frentes de atuação acerca da transformação digital de serviços, redesenho de processos estruturantes e gestão estratégica e governança. Além disso, fez a apresentação do organograma do Ministério, da Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital e da Secretaria de Gestão para os participantes do evento.

“Não se espera que os gestores estejam alocados em atividades operacionais ou de pouco valor agregado. Pelo contrário, se espera que os servidores dessa carreira executem atividades de protagonismo”, ressaltou Gleisson Rubin, secretário Adjunto da Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital.

Os especialistas foram convidados a atuar em áreas prioritárias do governo federal: Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Secretaria Especial de Modernização do Estado da Secretaria-Geral da Presidência da República e Núcleos de Transformação Institucional dos ministérios, autarquias e fundações.

No evento foi destacada, ainda, a parceria que será realizada em breve com a Associação Nacional dos Especialistas em Políticas Públicas e Gestão Governamental (Anesp). A cooperação se dará na integração de dados sobre gestores para melhor aproveitamento da carreira na Administração Pública Federal (APF). O acordo deve ser assinado no primeiro semestre deste ano