Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2015 > Concursos e Nomeações > Processo seletivo da FAB busca médicos, dentistas e farmacêuticos

Processo seletivo da FAB busca médicos, dentistas e farmacêuticos

por publicado: 18/11/2014 21h00 última modificação: 24/07/2015 16h19

Inscrições ficam abertas até dia 24. Vagas serão destinadas para organizações militares do Rio de Janeiro e Minas Gerais

A Força Aérea Brasileira (FAB) abriu processo seletivo para contratação de médicos, farmacêuticos e dentistas para prestação de serviço militar como oficiais temporários convocados. As inscrições estão abertas até o dia 24 de novembro.

O processo de seleção é conduzido pelo Terceiro Comando Aéreo Regional (III COMAR), com sede no Rio de Janeiro, e as vagas serão destinadas para organizações militares nos estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais.

As vagas podem ser preenchidas por brasileiros de ambos os sexos, desde que atendidas as seguintes condições: ter menos de 45 anos de idade até o dia 31 de dezembro de 2015; para os cursos de Farmácia e Odontologia, o candidato, quite com os Serviços Militares, deve ter dois anos de formados em 31 de janeiro de 2015 e uma especialidade (será permitida uma Habilitação para Farmacêuticos).

O curso e a instituição de ensino de formação do candidato devem ser reconhecidas, oficialmente, pelo Ministério da Educação (MEC), na forma da Legislação que regula a matéria.

O processo é composto por seis etapas: Inscrição, Avaliação Documental, Concentração Inicial, Inspeção de Saúde (INSPSAU), Concentração Final e Matrícula.

O candidato selecionado fará o Estágio de Adaptação e Serviço (EAS) que se destina a adaptar os incorporados às condições peculiares do Serviço Militar Temporário no âmbito do Comando da Aeronáutica. O EAS terá duração total de doze meses, a contar da data de incorporação, divididos em três fases.

Etapas

A primeira fase tem como objetivo adaptar os convocados à atividade militar por meio da instrução militar. A segunda e a terceira fases serão realizadas na Organização Militar para a qual venha a ser designado.

Os incorporados para a realização do EAS serão declarados Aspirantes a Oficial, sendo promovidos a Segundo Tenente do Quadro de Oficiais Convocados (QOCon) após a conclusão da segunda fase, na respectiva especialidade, fazendo jus à remuneração correspondente.

Os integrantes do QOCon poderão obter, ano a ano, prorrogações de tempo de serviço até o limite de oito anos.

Fonte: Força Aérea Brasileira