Você está aqui: Página Inicial > Central Sipec > Informes > AFD modernizará pasta funcional de cerca de 1,5 milhão de servidores do Executivo

Notícias

AFD modernizará pasta funcional de cerca de 1,5 milhão de servidores do Executivo

Projeto é parte integrante do Projeto Sistema de Gestão de Pessoas - SIGEPE.GOV
por publicado: 05/06/2014 17h00 última modificação: 09/06/2016 17h26

O Projeto Assentamento Funcional Digital (AFD) da Secretaria de Gestão Pública do MP iniciou em maio a sua terceira e última fase Global com a realização do treinamento em Avaliação de Capacidade Técnica para Licitação dessa etapa.

De acordo com o coordenador-geral de manutenção e desenvolvimento de sistemas do Desin da Segep, Carlos Augusto Silva, o AFD modernizará a pasta funcional de aproximadamente 1,5 milhão de servidores públicos do Poder Executivo, distribuídos em todo o país. "Atualmente existem 1.126 Unidades Pagadoras (UPAGs), de órgãos, empresas e entidades.  O instrumento possibilita agilizar o acesso à informação, melhoria na segurança da informação, e nos processos de trabalho em gestão de pessoas.", afirmou.

O projeto AFD, desenvolvido pelo Desin da Segep, é parte integrante do Projeto Sistema de Gestão de Pessoas ¿ SIGEPE.GOV , e é responsável pela implementação de muitas funcionalidades e serviços essenciais para esse novo Sistema.

Já foram executadas as fases piloto e aprendizado do Projeto AFD. A primeira permitiu a execução em escala menor (20UPAGs). A fase aprendizado levantou e implementou melhorias nas etapas do Projeto, especialmente quanto a capacitação dos servidores, processo de trabalho, contratação de serviços, atos normativos, sistema de gestão de serviços aperfeiçoando de forma a reduzir os riscos na sua execução. A fase Global cuida da implantação do AFD em todas as UPAGs.

O AFD é um dossiê em mídia digital, composto por imagens, registros de metadados (documentos funcionais) e assinatura digital de documentos de todos os servidores civis do Poder executivo Federal concentrados em um banco de dados único, em substituição às Pastas Funcionais em suporte convencional (papel) hoje existente.

Nesses dois dias de curso, foram capacitados presencialmente 28 servidores públicos do Poder Executivo, que serão habilitados para realizarem a aplicabilidade do Teste de Conformidade, que visa aprovar e avaliar a competência técnica e operacional da empresa licitante que apresentar a melhor proposta.

O teste de conformidade será realizado para cada um dos oito lotes licitados, e sua duração será de cinco dias, onde o Ministério do Planejamento emitirá uma Ordem de Serviço para que a empresa execute no local indicado as atividades de recepção, higienização, recuperação, organização, classificação, registro de metadados e devolução de pastas, em um quantitativo de dez pastas funcionais totalizando, no máximo 300 páginas.

O teste será avaliado por uma equipe composta por três avaliadores por lote: um pertencente ao quadro do Ministério do Planejamento, e os outros dois, da UPAG, indicados pelo seu próprio órgão, designados para essa atividade.

Para conseguir capacitar os servidores públicos designados para atuarem no Projeto, vinculados as 1.126 Unidades Pagadoras distribuídas pelo país, a Segep fornece curso de Educação a Distancia (EAD SEGEP). De acordo com o diretor do Desin, Fabiano Cortes, a previsão é capacitar cerca de quatro mil servidores públicos até o final de 2016, prazo de conclusão do Projeto AFD.

O AFD será armazenado em repositório central, no Serpro, com acesso on-line possibilitando validar e auditar os dados existentes nos atuais bancos de dados, além de acesso aos documentos integrantes das pastas funcionais à distância.