Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Oportunidades > 2019 > Nível superior – Ministério do Desenvolvimento Regional (DF)

Nível superior – Ministério do Desenvolvimento Regional (DF)

por mrsena publicado 17/07/2019 11h37, última modificação 17/07/2019 11h37
Movimentação. Soluções para atendimento emergencial de erosão costeira. PROJETO 7
Status: Aberto
Unidade de lotação: Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil
Local de atuação: Brasília (DF)
Nível de escolaridade: Formação em nível superior nas áreas de conhecimento ligadas à engenharia, arquitetura, administração, estatística, geografia, geologia, economia e contabilidade.
Cargo: PGPE
Quem pode se candidatar:
Servidor e/ou empregado público federal
Gratificação: Não há

Descrição da vaga


A SEDEC atua em prevenção, preparação e resposta a desastres, estando neles incluso a “erosão costeira e fluvial”, definida na COBRADE. Um dos principais instrumentos de atuação da SEDEC é a Transferência Obrigatória, que possibilita um rito mais célere de transferência financeira a entes federativos em situação de risco iminente ou afetados por desastre.

Demandas por recursos financeiros emergenciais vem se avolumando junto à SEDEC, para aplicação em ações de enfrentamento dos efeitos causados pelos processos erosivos.

Ocorre que, em muitos casos, a situação relacionada a essas demandas não remete a uma situação de risco iminente, o que prejudica o atendimento a outras demandas mais emergenciais.

O MDR possui ainda em sua estrutura a Secretaria Nacional de Segurança Hídrica – SNSH, que, por meio de outros instrumentos, tais como convênios, também pode apoiar financeiramente entes federativos em demandas de erosão costeira, quando a situação não requeira maior celeridade.

Todavia, dada a inexistência de um procedimento pré-definido de avaliação de nível de criticidade dos processos erosivos abordados nas demandas apresentadas atualmente constitui um desafio para o processo decisório quanto ao melhor direcionamento às áreas competentes, visando ao alcance do instrumento mais adequado para cada caso.

O servidor selecionado irá atuar em projeto que visa à construção de parâmetros de avaliação técnica para subsidiar o direcionamento das demandas Municipais e Estaduais por recursos financeiros a serem empregados em processos de erosão costeira no âmbito do MDR.

Atividades


 

  • Avaliação, modelagem e estruturação de procedimentos e processos;
  • Análise de cenários e elaboração de business cases (casos de negócio);
  • Especificação de soluções de tecnologia ou processo;
  • Apoio a decisões de make or buy (fazer ou adquirir); e
  • Análise de aplicabilidade de soluções e opções tecnológicas;
  • Desenvolvimento de procedimento de atuação, além de critérios de avaliação e priorização de demandas relacionadas à erosão costeira apresentadas ao MDR.


    Requisitos


     

    • Ser servidor e/ou empregado público federal;
    • Formação em nível superior nas áreas de conhecimento ligadas à engenharia, arquitetura, administração, estatística, geografia, geologia, economia e contabilidade; e
    • Cumprir jornada semanal de 40 (quarenta) horas, resguardadas as disposições legais específicas.


    Como se candidatar


     

    • Os interessados devem enviar currículo para cgea@mdr.gov.br, com o título da mensagem "Seleção Proteção e Defesa Civil", e no subtítulo indicar o projeto de interesse, no período de 27 de julho até 27 de agosto de 2019.
    • Os selecionados receberão a resposta por e-mail para agendamento de entrevista.

    Após o resultado do processo seletivo, os candidatos selecionados terão sua alteração de lotação ou exercício, conforme disciplina do instituto de movimentação para compor força de trabalho na Portaria nº 193, de 3 de julho de 2018.