Você está aqui: Página Inicial > Assuntos > Oportunidades > 2019 > Nível superior – Ministério do Desenvolvimento Regional (DF)

Nível superior – Ministério do Desenvolvimento Regional (DF)

por mrsena publicado 17/07/2019 10h40, última modificação 17/07/2019 10h40
Movimentação. Exercer suas atribuições na Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, atuando nos parâmetros de avaliação de criticidade de barragens para atendimento emergencial. PROJETO 1
Status: Aberto
Unidade de lotação: Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil
Local de atuação: Brasília (DF)
Nível de escolaridade: Formação em nível superior nas áreas de conhecimento ligadas à engenharia, arquitetura, administração, estatística, geografia, geologia, economia e contabilidade.
Cargo: PGPE
Quem pode se candidatar:
Servidor e/ou empregado público federal
Gratificação: Não há

Descrição da vaga


A SEDEC atua em prevenção, preparação e resposta a desastres, estando neles incluso o “colapso ou ruptura de barragens”, definido na COBRADE. Um dos principais instrumentos de atuação é a Transferência Obrigatória, que possibilita um rito mais célere de transferência financeira a entes federativos em situação de risco iminente ou afetados por desastre.

Em se tratando de barragens, em especial nos últimos anos, vem se avolumando as demandas por recursos financeiros emergenciais direcionados à SEDEC, para aplicação em ações de recuperação e conservação.

Ocorre que, em muitos casos, a situação das barragens relacionadas a essas demandas não remete a uma situação de risco iminente, o que prejudica o atendimento a outras demandas mais emergenciais.

O MDR possui ainda em sua estrutura a Secretaria Nacional de Segurança Hídrica – SNSH, que, por meio de outros instrumentos, tais como convênios, também pode apoiar financeiramente entes federativos em demandas de barragens, quando a situação não requeira maior celeridade.

Todavia, dada a inexistência de um procedimento pré-definido de avaliação de nível de criticidade das barragens inseridas nas demandas apresentadas, atualmente constitui um desafio o processo decisório para o direcionamento às áreas competentes, visando ao alcance do instrumento mais adequado para cada caso.

O servidor selecionado irá atuar em projeto que visa à construção de parâmetros de avaliação técnica para subsidiar o direcionamento das demandas Municipais e Estaduais por recursos financeiros a serem empregados em barragens no âmbito do MDR.

Espera-se que o projeto gere como produto parâmetros de avaliação que permitam a definição de um nível de criticidade das barragens inseridas nas solicitações Federais, Estaduais e Municipais, subsidiando o processo decisório de direcionamento das demandas.

Atividades


 

  • Levantamento bibliográfico sobre o tema;
  • Levantamento de dados e análise processual no âmbito do MDR;
  • Análise de cenários e elaboração de business cases (casos de negócio);
  • Desenvolvimento de procedimento e de critérios de avaliação e priorização de demandas relacionadas a barragens apresentadas ao MDR.


    Requisitos


     

    • Ser servidor e/ou empregado público federal;
    • Formação em nível superior nas áreas de conhecimento ligadas à engenharia, arquitetura, administração, estatística, geografia, geologia, economia e contabilidade; e
    • Cumprir jornada semanal de 40 (quarenta) horas, resguardadas as disposições legais específicas.


    Como se candidatar


     

    • Os interessados devem enviar currículo para cgea@mdr.gov.br, com o título da mensagem "Seleção Proteção e Defesa Civil", e no subtítulo indicar o projeto de interesse, no período de 27 de julho até 27 de agosto de 2019.
    • Os selecionados receberão a resposta por e-mail para agendamento de entrevista.

    Após o resultado do processo seletivo, os candidatos selecionados terão sua alteração de lotação ou exercício, conforme disciplina do instituto de movimentação para compor força de trabalho na Portaria nº 193, de 3 de julho de 2018.